POST / CONTEÚDO GRATUITO 

Quais são os momentos que você se sente mais desafiada?



Desafios geralmente mostram as bordas dos nossos limites. Nestas horas temos a oportunidade de observar nossos possíveis pontos de melhoria.


Nos últimos meses, lidar com o cansaço foi um dos meus maiores desafios. Percebi que que meus momentos de colapso aconteceram nos altos picos de cansaço.


E isso começou a afetar minha produtividade, criatividade e relacionamentos. Inclusive comigo mesma. Bloqueios criativos e a tal síndrome de impostora deram sinais de vida.


Para lidar com isso precisei entender sobre o que estava gerando sobrecarrega e me deixando cansada. O que poderia estar centralizando demais em mim?


Feito isso, montei breve mapa de tarefas para encontrar quais das minhas ações poderiam ser delegadas tanto a nível de execução como tomada de decisão.


A maternidade recente somada a um negócio em transição, exige uma boa gestão emocional, de tempo e energia!


Isso faz sentido para você?


Para driblar o cansaço, estou investigando, experimentando e coordenando atividades que vão desde:

  • Alimentação: o que me dá mais energia e o que me drena energia?

  • Exercícios: Quais atividades me deixam desperta e quais me relaxam? Estou experimentando corridas curtas pela manhã e natação a noite. Os resultados são bem interessantes!

  • Livros e filmes: Faço uma seleção de filmes e livros com grande potencial de me entusiasmar e despertar ideias. Estes estão proibidos a noite! Interferem demais no meu sono. Estou fazendo isso sempre que possível pela manhã, antes da Manu acordar. Sim, eu assisto filmes às 7h da manhã!

  • Distribuir estrategicamente atividades energéticas que se beneficiam mais quando realizadas nos horários do meu pico criativo. E deixando tarefas operacionais para quando meu nível de atenção e criatividade estão em baixa. E claro, colocando atividades de ganho de energia entre isso tudo para servir como amortecedor para picos de maior cansaço.

Percebe quanta coisa pode ser feita para desafiar nossos limites que não estão diretamente relacionadas ao trabalho?


Veja que nossa vida é sistêmica e integrada! Um hábito desencadeia outro, e outro, que juntos formam nosso modo de operar em tudo o que fazemos.


Basta usar da criatividade para enxergar o que está nas entrelinhas de cada atividade.


Nossas decisões e ações na vida pessoal influenciam nossa vida profissional. E vice versa.


Espero que isso te ajude a trazer luz para as coisas que você pode implementar e mudar na sua rotina para te ajudar a crescer e evoluir!


Que tal começar a experimentar algo hoje? Se não der certo, amanhã tente outra coisa!

Não se prenda aquilo que não te traz resultado! Seja curioso, criativo e experimente!



  • Instagram Pamela Machado
  • Spotify Pamela Machado
  • LinkedIn
contatos_v.png
contatos-02.png