POST / CONTEÚDO GRATUITO 

Curiosidade por si mesmo



Não é possível chegar aonde queremos ir sem saber exatamente onde nos encontramos agora.

Por quê? Porque para se direcionar corretamente é essencial, logo de início, estar consciente de onde você se encontra. Algumas pessoas além de não ter a consciência de onde estão, ainda somam a esta questão a dúvida do para "onde quero ir". Eu já fui uma delas. E minha jornada de descobertas e construção de futuro e ponto de chegada estão em constante evolução. Sim, evolução! Quando temos consciência sobre sobre nós, ao nos conhecemos mais intimamente temos a possibilidade de usar nossas experiências positivas ou não, para moldar e expandir nosso aprendizado. Isto nos favorece para reconhecer e aproveitar as oportunidades que a vida apresenta. Descobrir isso é tão importante, que este aprendizado nos é proposto inclusive no livro mais antigo e conhecido no mundo! Nos Salmos, Davi dá o exemplo ao mostrar-se profundamente curioso sobre o que está acontecendo no seu coração! Olha que lindo isso: “Sonda-me, ó Deus. Prova-me. Vê se em minha conduta algo te ofende”. Você se lembra do ditado popular: “Aquilo que você não sabe que existe não pode te prejudicar”? Mentira! Aquilo que você não conhece já te prejudicou e vai te prejudicar e muito no futuro. E é sua responsabilidade conduzir-se bem, sabendo quais são os seus pontos fortes, o que incomoda as outras pessoas a seu respeito e quais são os seus pontos cegos.

A criatividade necessita de informações para combinar, reagrupar e ressignificar. E a curiosidade é geradora de alimento para nossa criatividade!

Portanto quando aplicamos a curiosidade para conosco, mapeamos nossa rede de habilidades, competências, inteligências e não menos importante, nosso propósito. Com estas informações em mãos podemos aplicar a criatividade para então ressignificar habilidades e porque não reciclar competências e conhecimento, exercendo assim o que sabemos e gostamos de fazer em outras áreas que até então pareciam distantes.

Então, pergunte a alguém e para si mesmo: 1. Quais são os meus pontos fortes? 2. O que está impedindo o meu desenvolvimento? 3. Quais são os pontos cegos da minha vida, as questões que não estou enxergando?

Toda grande árvore para chegar nas alturas necessitou desenvolver raizes fortes. Descubra suas raízes, cultive a semente por menor que ela seja agora, no tempo dela ela cresce e rende frutos!

#motivação #curiosidade #criatividade #autoconhecimento #conexão

20 visualizações
  • Instagram Pamela Machado
  • Spotify Pamela Machado
  • LinkedIn
contatos_v.png
contatos-02.png